início notícias tecnilima

4 soluções económicas e sustentáveis de aquecimento e/ou água quente sanitária para a sua casa

23-02-2022

O aquecimento das casas em Portugal é um dos grandes problemas do país e, simultaneamente, um dos menos abordados. A pobreza energética em Portugal deve-se à combinação de diversos fatores, nomeadamente a má qualidade da construção das casas, as baixas remunerações dos cidadãos e o elevado preço da eletricidade. Tudo isso resulta em casas mais frias durante o inverno, com consequências diretas para a saúde e o bem-estar físico e psicológico. Existem cada vez mais soluções económicas disponíveis no mercado, graças ao avanço da tecnologia no sector, que proporcionam um elevado conforto e elevada eficiência graças à tecnologia dos equipamentos e das fontes de energia renováveis utilizadas, como a aerotermia, a geotermia, a energia solar e a biomassa. Assim, preparamos um pequeno guia com 4 soluções sustentáveis e económicas de aquecimento ou de água quente sanitária para a sua casa.

Quais são as soluções de aquecimento e/ou água quente sanitária?


Imagem 1. Bomba de calor monobloco de água quente sanitária Wertec W10

1. Bombas de calor

A bomba de calor tornou-se numa das opções mais populares para o aquecimento das casas nos últimos anos. Esse crescimento brutal num período tão curto de tempo deveu-se aos enormes avanços tecnológicos que esta tecnologia rompeu, unindo eficiência energética e economia. Ou seja, tornou-se numa solução bastante apelativa e versátil, já que produz aquecimento, arrefecimento e/ou água quente sanitária a partir da energia do ar ou da terra, ligado à corrente elétrica, tornando este sistema amigo do ambiente.
Posto isto, é igualmente importante identificar quais os tipos de bombas de calor existentes no mercado. Basicamente são dois géneros de equipamentos que pode escolher: as bombas de calor geotérmicas e as aerotérmicas. Além disto, há que ter ainda em conta que as bombas de calor aerotérmicas podem ser monobloco ou split.
Muitos modelos de bombas de calor estão equipados para trabalhar com o apoio da energia solar, aumentando a poupança e a eficiência destes equipamentos. Ao conjugar esta fonte de energia com um emissor, como o piso radiante, por exemplo, consegue proporcionar um excelente nível de conforto na sua casa.




Imagem 2. Caldeira a pellets de aquecimento central (Easypell)

2. Caldeiras a pellets / lenha

Os pellets são uma energia renovável da família da biomassa que se tornou num dos combustíveis mais populares no aquecimento das casas, por ser altamente sustentável e ter uma boa relação preço-eficiência. As caldeiras são uma das soluções de aquecimento mais comuns e antigas, sendo energicamente eficientes e que, unidas à utilização de biomassa, se tornam ainda mais sustentáveis. As caldeiras a pellets e a lenha têm capacidade para aquecer toda a habitação, independentemente da dimensão das divisões, e se tiverem uma manutenção cuidada e regular, são um equipamento muito duradouro, que justificam assim o investimento. Podem ainda ser programadas eletronicamente, o que permite regular o seu funcionamento e evita desperdícios, controlando a temperatura da casa da habitação mesmo quando não está em casa.  As caldeiras a pellets com tecnologia de condensação também utilizam o calor residual contido nos gases de combustão, ao contrário das tradicionais, tornando-as mais económicas e eficientes em termos energéticos.

 


Imagem 3. Estufa a pellets de aquecimento central (Edilkamin)

3. Estufas a pellets

Tal como as caldeiras, as estufas a pellets são soluções também com uma boa relação custo-eficiência. São muitas vezes vistas como uma alternativa às tradicionais lareiras, mas têm várias vantagens sobre estas: mais seguras, económicas e práticas, e para além disso minimizam as necessidades de instalação, porque não são encastradas na parede. As estufas têm ainda a vantagem de serem mais versáteis, ou seja, enquanto que numa lareira não consegue controlar a quantidade de calor produzido, tendo sempre o mesmo gasto energético, no caso da estufa a pellets é possível escolher a eficiência entre uma pequena e uma grande área. Tudo isto torna esta opção numa escolha muito vantajosa para o consumidor, porque reforça os ganhos energéticos e económicos.




Imagem 4. Recuperador de calor de guilhotina a lenha, ar quente (Edilkamin)

4. Recuperadores de calor

Finalmente, mas não menos importante, os recuperadores de calor são outra das ótimas soluções para o aquecimento central da casa, caso viva numa moradia e tenha acesso a lenha gratuita, já que são simultaneamente muito eficientes e económicos, e complementam outros sistemas de aquecimento de águas da casa, como os painéis solares, por exemplo. Ao ser ligado, o recuperador de calor para aquecimento central desliga de forma automática a caldeira do aquecimento central, levando a uma maior poupança de combustível durante os períodos de maior consumo energético. À medida que a popularidade destas opções de aquecimento central aumentam, também o design dos recuperadores de calor se tornam mais apelativos e mais estéticos, indo ao encontro das reais exigências dos consumidores. Aliás, existem mesmo no mercado, recuperadores de calor para aquecimento central com dupla face, que servem para delimitar por si só espaço dentro da mesma divisão, o que é uma solução arquitetónica muito inteligente. 
Se optar por um recuperador de calor, caldeira, ou estufa a biomassa, armazenar a lenha ou os pellets num local seco e realizar manutenções preventivas periódicas são duas dicas essenciais para conseguir maior eficiência e conforto. 


Estes sistemas de aquecimento central aquecem água que é depois distribuída através de uma rede de tubos pelos radiadores, piso radiante ou toalheiros.

Há fatores comuns que prejudicam o aquecimento e o conforto das casas como o baixo isolamento e a fraca exposição solar, em muitos casos. Tente abrir bem portadas, cortinados ou estores nas divisões com maior exposição aos raios solares, e fechar tudo muito bem quando começa a anoitecer ou a divisão encontra-se do lado oposto aos raios solares. Desta forma aquece divisões durante o dia que se mantêm quentes por várias horas.

Cada casa apresenta a suas especificidades e todas elas devem ser avaliadas para aproveitar o que a casa, e a sua localização, podem oferecer. Consultar um profissional para o auxiliar na sua escolha é essencial para encontrar o sistema mais indicado para a sua casa.